dossiê-lefebvre

A PSEUDO SOLUÇÃO FASCISTA (1937)

O nacionalismo contra as nações, de Henri Lefebvre, publicado em 1937, foi parte do esforço de teorização do Partido Comunista Francês no contexto da Frente Popular, juntamente com os trabalhos de Thorez e Politzer. Nessa época, o PCF ensaiava os primeiros passos da teoria da “frente nacional”, valorizando a herança da tradição nacional inaugurada pela Revolução Francesa.

botão-dossie

A DISPUTA SOBRE A ALIENAÇÃO (1959)

Henri Lefebvre publicou A soma e o resto (inédito em português) em 1959, dois anos após seu afastamento do PCF, onde permaneceu durante três décadas. Perto de completar 60 anos, Lefebvre fez um balanço de sua evolução intelectual e da sua participação no confronto ideológico, dentro e fora do partido. Um tema chave desses confrontos, especialmente no período anterior à Segunda Guerra Mundial, foi a “alienação”.

botão-dossie

POR QUE ESTE MANIFESTO DIFERENCIALISTA?  (1970)

O “problema da diferença”, que surge com força no final dos anos 1960, ganhou um viés crítico com Lefebvre. Ao contrário da maior parte da tradição marxista, que negligenciou ou fez a denúncia da política da diferença, Lefebvre mobiliza esse conceito para elaborar uma crítica da racionalidade industrial moderna e da política como tal. Para ele essa noção figura sobretudo como obstáculo ao rolo compressor da homogeneização, quer se trate das pressões do mercado mundial ou da lógica estatal.

botão-dossie